Ode a uma linda mulher

Narizinho, narizinho
O que foi que você fez
Pra merecer um marido
Que foi dormir no xadrez?

E mulher de tanta classe
Suprema ofensa, tadinha
Não se fez com toda a pompa
A cana do Bernardinho

Se a de Lula foi cercada
De glória e confusão
Chinfrim e quase sem nada
Do Paulinho a condução

E num ato injurioso
A federal se desfez
Não precisou nem usar
A porra do japonês!