Fuga noturna

na noite
as gotas escorrem
da palmeira
que a escuridão cega
da noite

na noite
cantam os sons
todos do mundo
que a chuva encobre
da noite

na noite
toda a dor
toda
que meu peito esconde
da noite

como é doce ir embora
como é doce
de noite