De leite

E tu me trazes
como nas mãos um lírio
um amor branco
como uma branca folha
onde se escreverá a história
em brancos versos meus
e em prosa tua
em brancas noites
nos brancos lençóis
da tua cama