Acredite: o Brasil melhorou. E muito.

Notícias reais tiradas de jornais da época, mostrando o quanto o Brasil era pior que hoje (os comentários são meus):

28.05.1959
Assembléia Legislativa de São Paulo rejeita, em primeira discussão, projeto de lei que autoriza a concessão do valor de um milhão de cruzeiros ao Teatro Cacilda Becker para custear excursão à Europa.
(Hoje, felizmente, os artistas brasileiros nem pensam em financiar suas extravagâncias com o dinheiro do povo)

13.06.1960
Investigação de roubo de fios da Central do Brasil (Rio de Janeiro) revela existência de uma “caixinha” formada pelos ladrões a ser destinada a policiais (inclusive chefia), delegacias especializadas, Corpo de Bombeiros e um oficial da Marinha.
(Outra prática desaparecida, graças a Deus)

17.12.1966
Dirigentes do Botafogo, Rio de Janeiro, fazem preleção com os jogadores pedindo-lhes paciência em relação aos atrasos no pagamento de salário. Pela situação financeira que atravessa, o clube não tem dinheiro para pagar, também, os salários e 13º dos funcionários.
(Nos anos 60, como se vê, os clubes passavam por grandes dificuldades. Algo impensável hoje em dia)

08.10.1968
Hospital São Paulo, na capital paulista, está prestes a fechar as portas tal é o montante de dívidas na praça. Vem atravessando uma das piores crises de sua história, que levou a Entidade a ter seu crédito cortado pelos laboratórios de remédio.
(Chega a ser inacreditável o descaso com a saúde pública em 68. Hoje o Hospital São Paulo, sob a batuta do Governo Federal, atende a todos com qualidade de primeiro mundo)

05.02.1960
Tribunal de Justiça de São Paulo confirma pena de 1 ano de reclusão e multa de 500 cruzeiros a consumidor que não devolveu o aparelho de rádio adquirido a prazo e só ter pago algumas prestações.
(Um exemplo do tio de justiça que reinava à época, enquanto os grandalhões deitavam e rolavam)
18.01.1959
Prefeitos de cinco municípios nordestinos decidem lançar as bases de um plano para utilização da água do rio São Francisco para irrigação e abastecimento do gado da região. Os recursos deverão vir do Governo Federal.
(Hoje os nordestinos nadam de braçada nas água do Velho Chico, transpostas pelo governo do petê)

24.02.1957
Governador paulista baixa Resolução que proíbe expressamente o uso de carros oficiais do Estado em campanhas políticas, inclusive em comitês partidários e comícios.
(O governador era Jânio da Silva Quadros. Hoje, como sabemos, o uso de recursos da máquina pública em eleições é coisa do passado)

15.07.1956
Justiça do Pernambuco considera inconstitucional decisão da Assembléia Legislativa que atribuía aos deputados estaduais a verba de representação de oito mil cruzeiros mensais.
(Olhaí os políticos burlando a constituição para encher os bolsos! Ainda bem que a moda não pegou)

02.05.1958
Professoras do Instituto Nacional de Educação de Surdos do Rio de Janeiro entram em greve por estarem sem receber nenhuma remuneração há 1 ano e 4 meses.
(Não deixou saudades nos cariocas os tempos em que o povo não sabia votar por lá)

10.08.1954
Engenheiros da prefeitura paulistana chegam à Nova Iorque (onde ficarão um mês), para estudo dos serviços prestados por aquela municipalidade, em especial sobre as grandes garagens públicas.
(Difícil imaginar, atualmente, algum funcionário municipal visitando NY para aconselhar-se com os americanos sobre formas de se dirigir uma cidade)

07.02.1963
Milhares de livros comunistas são apreendidos em São Paulo. Na sua maioria, as publicações eram procedentes de Havana, Pequim e Moscou. Informação divulgada pelo Departamento Federal de Segurança Pública.
(Isso antes do regime militar. Com a ascensão dos militares os livros soviéticos foram liberados. Podiam ser livremente comprados na Livraria Triângulo da Galeria 24 de Maio. Hoje, depois da queda do muro de Berlin, da capitalização da China e da descoberta que Che Guevara era só um bandido sem escrúpulos a busca por livros comunistas pelos jovens não faz mais sentido)

07.07.1968
Em menos de duas horas cinco bombas explodem na madrugada em três estações ferroviárias de São Paulo. Não houve vítimas, apenas prejuízos materiais para as empresas.
(Essa notícia é falsa. Graças às investigações da Comissão da Verdade do PT sabemos que não houve terrorismo de esquerda no Brasil)

05.04.1966
Baixada portaria que autoriza os fiscais do Departamento de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro a multar todas as pessoas surpreendidas jogando detritos nas ruas ou sujando a cidade.
(Verdade seja dita: foi graças a essa iniciativa que o Rio de Janeiro tem hoje a prefeitura com as burras cheias de dinheiro e as calçadas impecavelmente limpas)

25.07.1955
Regulamentada a lei que proíbe o lançamento de RESÍDUOS POLUIDORES nos RIOS E CÓRREGOS paulistas. Os infratores serão penalizados com multa e, até, interdição do estabelecimento no caso de reincidência. Essa medida faz parte da Campanha Contra a Poluição dos Cursos D’água.
(Leia o comentário da notícia anterior trocando “Rio de Janeiro” por “São Paulo”)

MAIS NOTÍCIAS
Essas notícias foram tiradas do blog Anos Dourados. Há muito mais lá. Vale muitíssimo uma visita. Recomendo.