Fernanda e o helicóptero

Fernanda e o helicóptero

Fernandinha era uma portuguesa legítima, nascida em Lisboa e trazida ainda criança para o Brasil. Não era, digamos, bela, mas pernuda e de bons peitos,…

Ler post →
Entrevárida (1)

Entrevárida (1)

Não me queiram por coerente, que não o sou. As sortidas de minhas várias mentes pelo real do mundo são, necessariamente, confusas. A despeito do…

Ler post →
VIVO em um país tropical

VIVO em um país tropical

Frans Kafka escreveu um livro intitulado O Processo. A estória é simples: um sujeito é preso e processado, sofre o diabo e não sabe por…

Ler post →
Tu disseste

Tu disseste

Só tu para calar minha loucura.

Ler post →
Batmacumba  ê ê

Batmacumba ê ê

Em 1968 os Mutantes gravaram uma música do Gil e do Caetano chamada Bat Macumba. Era uma faixa do primeiro disco deles, em sua formação…

Ler post →
Bloga comigo

Bloga comigo

Desde o lançamento de Assertiva, várias pessoas — amigas ou não — começaram a me perguntar como era esse negócio de blog, se era difícil…

Ler post →
Muitas palavras

Muitas palavras

Ingrata. Por que fizeste isso?

Ler post →
Vem cá meu Frodinho, vem...

Vem cá meu Frodinho, vem…

Quando assisti — no cinema — à primeira parte de O Senhor dos Anéis, tive do filme uma impressão única. Tratava-se do mais belo filme…

Ler post →
Milésimo acesso

Milésimo acesso

O acesso número 1000 aconteceu hoje, às 8:46 da manhã. Só que não vai dar pra dar premio nenhum, porque não conheço o visitante. A…

Ler post →